Notícias e Variedades de Macaé
Início » Vida » Bem-estar » Rede social facilita o acesso aos alimentos livres de agrotóxicos

Rede social facilita o acesso aos alimentos livres de agrotóxicos

qua, 27/01/2016 - 11:07 -- Leila Pinho
Créditos: 
Alle Tavares
mãe com criança e alimentos

Da necessidade ou preferência por consumir alimentos mais saudáveis, moradores de Macaé estão se reunindo pelas redes sociais e articulando contatos para conseguir acesso aos orgânicos e agroecológicos. Atualmente, a cidade é carente de pontos físicos de venda de alimentos orgânicos (aqueles certificados com selo) e, um dos poucos locais onde os agroecológicos são vendidos é a “Feira da Roça” que acontece apenas aos sábados, perto do supermercado Extra do Centro.

homem com cesta de alimentos orgânicos“A gente queria comer os alimentos orgânicos (os certificados) e conectar pessoas com esse objetivo comum”, fala Pedro Paulo Nunes Rodrigues Pimentel, criador da Confraria Elo Orgânico, grupo do Facebook onde pessoas da cidade se relacionam e conseguem comprar cestas de alimentos orgânicos. “A primeira conversa sobre a criação dessa rede foi em 2014. Como a gente não encontrava produtores certificados na região de Macaé, começamos a buscar em outros lugares e só fizemos o grupo quando encontramos”, ressalta Pedro.

Para a microempresária Maria Solange Santiago de Andrade, de 57 anos, a cesta de orgânicos está sendo um recurso a mais no tratamento de saúde. Ela está tratando um câncer e recebeu orientação médica para priorizar os orgânicos. “Eu tive que passar por reeducação alimentar e não posso comer nada industrializado. Então, passei a passar a ingerir os alimentos orgânicos por questão de necessidade. Hoje me sinto mais satisfeita, tenho a consciência de que não estou ingerindo nada de veneno e isso vai me ajudar a viver mais”, relata Maria Solange.

entrega da cesta de alimentos orgânicosAtualmente, com mais de 500 membros, a Confraria Elo Orgânico organiza pedidos de compra de cestas de verduras, legumes, frutas e hortaliças orgânicas. Sem fins lucrativos, a rede objetiva facilitar o acesso aos alimentos. Os integrantes da rede fazem os pedidos de alimentos semanalmente e as cestas são entregues na casa das pessoas ou deixadas no ponto de coleta (loja Body Clean situada nos Cavaleiros). Tudo é articulado por meio da rede social. As entregas das cestas são feitas sempre às terças-feiras. “Semanalmente distribuímos em média 25 cestas”, fala Pedro. Conforme ele explica, a maioria dos alimentos orgânicos vêm so Sítio Solstício, que fica em Sumidouro.

Outro grupo que promove iniciativas de consumo de alimentos mais saudáveis é o Coletivo Macaense de Consumo Solidário, com mais de 470 membros . A rede estimula as pessoas a se alimentarem dos agroecológicos e tem uma filosofia de fortalecimentos dos produtores da região serrana de Macaé. “Temos um entendimento mais amplo sobre a alimentação saudável, não se restringindo apenas a comprar e ingerir alimentos sem veneno. Desejamos ter um relacionamento de maior proximidade com os produtores, entendendo que fazemos parte do mesmo ciclo. Valorizando alimentos produzidos de forma mais saudável também estamos favorecendo a saúde daqueles que os produzem”, fala uma das integrantes do Coletivo, Andrea Gonzaga de Oliveira.

feira com verdurasFoto: Silvio Parodi

O Coletivo também já intermediou relações de consumo de alimentos agroecológicos com as cestas, mas foram ações pontuais. Em outubro do ano passado, o grupo ajudou a organizar a Eco Yoga Festival Holístico, que contou com uma feira de alimentos agroecológicos na Praça Veríssimo de Melo. Outra iniciativa foi a Feira Solidária da Nova Macaé, em julho de 2015. Os dois eventos contaram com a presença dos produtores de alimentos agroecológicos de Macaé.

Andrea é frequentadora assídua da “Feira da Roça”, a tradicional feira de produtores de Macaé que acontece no Centro, sempre aos sábados. Já é hábito para ela comprar alimentos dos produtores que não utilizam agrotóxicos nas plantações.

 

Onde encontrar alimentos orgânicos e agroecológicos em Macaé

 

Orgânicos
Rede social Confraria Elo Orgânico
Grupo das cestas orgânicas

Agroecológicos
Feira da Roça
Todos os sábados das 5h às 13h
Na Rua Manoel Joaquim dos Reis, nas imediações do supermercado Extra

Coletivo Macaense de Consumo Solidário 
Grupo promove ações pontuais de estímulo ao consumo de alimentos agroecológicos

Comentários

Enviado por Arnaldo de oliveira em
Parabenizo a todos que participa desse movimento em pró de uma boa alimentação. Isso vai ajudar na qualidade de vida de muitos. Fico feliz em ter meus filhos como participante.

Enviado por Divercidades em
Olá Jacqueline. No texto da matéria tem o link da página no facebook da Confraria Elo Orgânico que é o grupo que articula a compra das cestas. Basta você clicar no nome da Confraria que será remetida à página deles.

Enviado por joão carlos flôres em
Parabenizo a jornalista pela ótima idéia desta reportagem. Parabenizo igualmente a tod@s os(as) que estão se conscientizando dos benefícios dos alimentos orgânicos. Sugiro uma nova matéria, entrevistando algum(a) agricultor(a) local para mostrar o trabalho árduo de produzir . Caso precisarem posso indicar o produtor(a), Contato 99256 0519

Enviado por Divercidades em
Olá João. Agradecemos pelo seu elogio. A equipe do Portal DiverCidades está sempre buscando trazer assuntos interessantes e novidades para quem vive ou trabalha em Macaé. Agradecemos também pela sua sugestão de pauta e pelo contato do produtos. Forte abraço.

Enviado por Divercidades em
Olá Cristiane. Na matéria citamos a Confraria Elo Orgânico que é o grupo responsável por intermediar a compra das cestas orgânicas. Sugerimos que você entra na página do grupo no facebook e faça o contato com eles. Boa sorte!

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
1 + 6 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.