Notícias e Variedades de Macaé
Início » Sua casa » Decoração e construção » A pegada urbana da parede lousa

A pegada urbana da parede lousa

seg, 21/08/2017 - 11:56 -- Renatta Viana
Créditos: 
Fotos: Alle Tavares
casal na cozinha com parede de lousa quadro negro

Decorar a casa é criar uma extensão da personalidade, é manifestar gostos, uma história, cultura. O uso da parede lousa na decoração surge como tendência no Brasil e em vários lugares do mundo, perfeito para dar novos ares a um ambiente caidinho ou deixar uma casa mais bonita e divertida. A tinta de quadro-negro é uma versão que está sendo muito usada na decoração, porque valoriza os lugares com a criação de composições únicas e criativas, sem esquecer, é claro, do toque moderno e arrojado. Uma das muitas ideias do uso do giz em quadro-negro é fazer com que as pessoas deixem suas marcas e lembranças registradas nos espaços decorados dentro de casa, no escritório, em restaurantes e por aí vai!

O quadro-negro também é conhecido como lousa e pode ser usado com o intuito de renovar vários ambientes, imprimindo bom gosto e personalidade, atrelados à possibilidade de deixar recados, receitas culinárias, desenhos, anotações importantes, funcionando inclusive, como complemento organizacional do ambiente. O arquiteto Saulo Moreira explica que essa tendência surgiu junto com o design industrial, que é um estilo específico de decoração. Acompanhando essa linha, há o uso de torneiras em formato de cano, paredes de tijolos, aparentando algo inacabado, mais bruto.

“O uso do giz na parede negra é algo diferente, que chama a atenção tanto dos adultos quanto das crianças. Independente de ser um tom escuro e, teoricamente, não passar a ideia de amplitude do ambiente, é importante que haja menos seriedade tendo em vista que o estilo de decoração é bem descontraído, então, vale a pena ousar mais”, disse Saulo, lembrando que a lousa fica muito bem em espaços integrados como cozinhas americanas, por exemplo.

Em espaços infantis, dá um toque lúdico, incentiva a criação de desenhos e ajuda a desenvolver habilidades. Crianças adoram riscar e rabiscar. Então, nada mais prazeroso do que ver as crianças com um espaço destinado a elas, certo? Emanuele Frazão dos Santos Silva Cardoso, fisioterapeuta e empresária, curte um ambiente bem decorado, embora não seja grande entendedora do assunto. Foi assim que decidiu apostar na parede lousa para a sua cozinha. Além de desenhos que remetem à gastronomia, há um espaço kids exclusivo para os filhos se divertirem enquanto os pais cozinham.

“Através de revistas específicas e pelas redes sociais, eu conheci esse tipo de decoração com giz. Além disso, uma amiga tem em casa e eu amei o estilo. Acho que fica super diferente, porque dá um toque mais leve à casa, sem contar que as crianças se distraem”, disse Manu, como é chamada pelos amigos.

mulher na cozinha parede de lousa, quadro negroA empresária Kellen Cristine Batista Soares mora em Rio das Ostras e também tem seu quadro negro na parede da cozinha, usado para escrever lembretes, atualizar a rotina de trabalho e colocar frases divertidas. Segundo ela, decoração vai além do que ter uma casa bonita e cheia de tendências. É preciso ter as características dos donos, um pouco do estilo e jeito de cada um. “Eu queria que a decoração da minha cozinha tivesse a minha cara e estava achando o espaço super carente, sem graça, sem vida. Foi aí que iniciei a minha pesquisa e decidi decorar a minha parede com giz. Foi aquela velha história de unir o útil ao agradável, porque eu queria receber meus amigos na cozinha, mas precisava torná-la mais convidativa”, disse Kellen, que teve o aval de seu arquiteto Marcelo Muquici.

Um dos motivos para os quadros- negros estarem com a corda toda é a praticidade com que se aplica e se faz a limpeza. Existem no mercado as tintas verdes ou pretas, que possuem a mesma função da lousa, com acabamento fosco ou desenvolvidas para este fim. Elas podem ser encontradas em lojas de materiais de construção, lojas de tinta ou com profissionais especializados. Basta pintar as paredes de qualquer cômodo e personalizar áreas internas ou externas, criando o quadro do tamanho e formato desejados, acompanhando o dinamismo de cada espaço. Seguindo a mesma tendência das tintas, há também os adesivos do tipo papel Contact, exatamente com a mesma funcionalidade e finalidade. E para limpar, o recomendado é apenas um pano umedecido em água. Mais fácil, impossível!

quadro negro parede lousa em restaurante de macaéAs inspirações são surpreendentes. Já deixaram de ser exclusividade das residências e tomaram conta dos escritórios, consultórios, cafeterias, pubs, restaurantes e afins. Em ambientes que antes não se imaginaria usar tal decoração, hoje já é comum. Em Macaé, o Restaurante Cozinha Urbana Tapas e Bar, que fica nos Cavaleiros, investiu forte nessa tendência, sob as considerações da arquiteta Camila Jardim. A proprietária e cheff Maria Cazadio contou que ela e os filhos pesquisaram muito antes de optar pela decoração de quadro-negro em todas as paredes do espaço.

A primeira impressão é incrível, porque foram feitos desenhos profissionais pelas mãos de um grafiteiro conceituado da região, além de dizeres que desejam as boas-vindas aos clientes. Maria contou que a proposta era de realmente inovar, dar cara nova, já que os restaurantes eram bem parecidos entre si. “Fomos a muitos lugares para buscar inspiração, daí optamos por esse estilo bem urbano, com madeiras claras, cortes limpos, pouco uso de papel, dentro do conceito de sustentabilidade trazido da Califórnia, onde vivemos por muitos anos”, disse Maria. Mais algumas curiosidades sobre esse conceito adotado há dois anos, quando o Cozinha Urbana inaugurou, é que o Matheus, responsável pela arte grafitada em giz, levou mais de 30 dias para concluir o trabalho; um dos desenhos nas paredes é a Pecan Pie, torta tradicionalmente californiana que os americanos utilizam como símbolo de boas-vindas aos clientes e é o carro- -chefe do Cozinha Urbana.

Foto: arquivo Romulo Jacques

desenho de giz em quadro negroEm Macaé, o publicitário e ilustrador Romulo Duarte Jacques Aida é procurado para fazer decoração das mais diversas formas, inclusive em quadro-negro. “Já fiz vários trabalhos em Rio das Ostras, Teresópolis, na região serrana e o legal desses trabalhos é poder personalizar de acordo com o que o cliente quer, principalmente para eventos temáticos, como aniversários, Natal e Ano Novo”, enfatiza Romulo.

Essa tendência veio pra ficar e já se mostra cada vez mais forte. Sendo assim, a sugestão dos experts é se permitir viver experiências únicas e especiais com os familiares e amigos, ou apenas utilizar o quadro-negro e suas variações do jeito que quiser. Afinal, tanta versatilidade possibilita inúmeras criações, que passeiam entre o tradicional e o ousado. Vale a pena apostar nessa ideia e se surpreender!

Quadro-negro nos objetos

Se ainda sobrar tinta depois de pintar as paredes, é possível abusar mais uma vez da criatividade e personalizar outros e muitos itens da casa, como quadrinhos e objetos de decoração, que podem ganhar poemas, trechos de livros, letras de música e desenhos conforme o desejado. Dá ainda pra encapar mesas, balcões e aparadores, criando um clima descontraído e divertido no ambiente e permitir que as crianças aproveitem sem se preocuparem com a sujeira. Podem ser pintados ou adesivados: bandejas, vasos, portas de armários, geladeiras e fogões, oferecendo um toque único e moderno ao espaço. Com certeza os visitantes vão adorar conhecer a diversidade de utilizações com giz.

“Chalkboard” em eventos

O nome pode parecer complicado, mas Chalkboard nada mais é que decoração em quadro-negro com giz, porém em eventos como aniversários e casamentos. De que forma? Naquelas plaquinhas criativas que decoram a mesa ou ficam nas mãos dos convidados; ou ainda um mural de recados para os noivos, ou o bolo de 15 anos e por aí vai! A novidade chegou com tudo e já existem festas inteiras preparadas com esse item decorativo. O sucesso dessa tendência se deve ao fato de que simples lousas podem fazer parte de imensas composições e produções: painéis, etiquetas para identidade visual dedicada aos doces e lembrancinhas, menus explicativos sobre o bufê, plaquinhas de direcionamento para as atividades oferecidas pelo espaço, entre infinitas possibilidades.

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
6 + 11 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.