Notícias e Variedades de Macaé
Início » Estilo » Estética » Apaixonadas por esmaltes

Apaixonadas por esmaltes

seg, 05/08/2013 - 10:59 -- Divercidades
Amanda Hitomi, Cecília Meira e Michele Barbalho com seus esmaltes

Para as apaixonadas por esmaltes, a coloração nas unhas não é apenas um simples artefato de beleza, mas, pode representar a sintonia com as novidades da moda, a harmonia com o visual e até sinalizar o estado de espírito. Em Macaé, quatro mulheres aficionadas por esmaltes nutrem a paixão com verdadeiras coleções do produto.

A radialista Michele Barbalho Domingues, de 32 anos, possui 200 esmaltes e costuma pintar as unhas três vezes por semana. Desde pequena, ela se encantou com os esmaltes. Aos 10 anos Michele já pintava as próprias unhas e todo dia escolhia uma cor diferente para colorir. Para Michele, o esmalte é um importante componente do visual. Ela confessa que já chegou a mudar de roupa para que a troca favorecesse a harmonia com a cor das unhas. esmalte roxo da avon

“A gente usa as mãos para tudo. Então, as mãos estão sempre em evidência. Fico fascinada em ver uma unha perfeita, com esmalte brilhante e cutícula bem tirada. Como compro muito, fico com ansiedade de usar tudo. Por isso, faço unha três vezes por semana”, diz Michele. A radialista tem um blog chamado de "Michele recomenda" onde dá dicas de esmaltes, entre outras dicas de beleza. No blog, ela fala sobre combinações de esmaltes que dão certo e algumas novidades do mercado de esmaltes.

A estudante universitária Célia Freire de Oliveira Barreto, de 32 anos, possui mais de 100 esmaltes de diferentes marcas nacionais e importadas. Ela tem 27 esmaltes somente de tonalidades de azul. Além de fazer compras em lojas, Célia também compra algumas marcas pela internet porque não encontra em estabelecimentos no Brasil. A Nfu-Oh é um exemplo.

“Não tenho tanta vaidade com cabelo. A primeira coisa que eu olho na mulher é a mão. A minha vaidade está nas mãos. As minhas amigas leem meu humor pela frequência com que troco de esmalte. Eu tenho vidros de muitas marcas diferentes, canetas para fazer desenhos nas unhas e também compro acessórios. Acho que virou uma mania. Tenho todos os tipos de frascos”, relata Célia. esmalte de onça

Para a dona de casa Cecília Meira, de 23 anos, o fascínio pelos esmaltes foi inspirado no trabalho da mãe, que foi manicure quando Cecília era criança. Cecília tem 180 esmaltes e costuma pintar as unhas de duas a três vezes por semana. A mais recente manifestação dessa paixão foi marcada na pele. Ela fez uma tatuagem na perna direita com o desenho de um vidro de esmalte.

“Acho lindo as cores e os efeitos. Hoje em dia tem muito efeito diferente e eu fico deslumbrada com isso. Sempre que estou na rua trago pelo menos um esmalte para casa. Nunca aconteceu de eu ter comprado um esmalte que eu já tinha. Já comprei parecido, mas, igual não. Se eu tenho uma festa para ir combino os acessórios e o “look” com o esmalte. Sou muito detalhista nisso”, conta Cecília.

esmalte salmao com listras

A estudante Amanda Hitomi, 18 anos, enxerga o ato de pintar as unhas como uma terapia. Ela tem um blog chamado de "Nailterapia" onde relata suas experiências no universo dos esmaltes.  Amanda tem aproximadamente 180 esmaltes. A estudante cataloga os esmaltes em paletas porque as cores ficam mais próximas do tom real que é pintado na unha.

“Lá pelos 14 anos me encantei com os esmaltes. A variedade de cor, de textura, efeitos e muitas possibilidades me encantam. Fazer as unhas me distrai. Eu relaxo fazendo a unha porque posso mudar sempre. No meu blog, estou fazendo o mês das cores e cada mês eu elejo uma cor e posto as unhas que faço durante o mês. Como tem muito esmalte que eu nunca usei, faço o mês das cores para poder experimentar tudo que tenho. Em julho escolhi o rosa”, fala Amanda.

 

A variedade de tons, efeitos e acessórios de esmaltes também alimentam o consumo. Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) mostram que o Brasil faturou R$ 580 milhões, em 2012, com a venda de esmaltes. O bom momento econômico deste nicho de mercado fez surgir algumas “esmalterias” em Macaé.

 

As cores prediletas das apaixonadas por esmaltes

 

 

esmalte azul pavão da impala

 

Michele Barbalho Domingues
“Apesar de achar que é muito berrante, o “Azul pavão” da Impala fica bonito com carimbo de unha e com cintilante. Tem um roxo cintilante da Avon que se chama “Estava escrito” que é muito bonito também.”

 

 

 

 

esmalte roxo NFU51 da Nfu-Oh

 

Célia Freire de Oliveira Barreto 
“O que mais gosto é um roxo com brilhos que dependendo da incidência de luz muda de cor. Esse esmalte é da Nfu-Oh e nessa marca importada os esmaltes não tem nome, mas sim, números e letras. Este roxo que falei é o NFU51. Outro que gosto muito é o “Azul celeste” da Sally Hansen, o número do esmalte é 430. O pincel desta marca é bem largo e só uma camada de esmalte já é o bastante.”

 

 

 

esmalte turquesa da big universo
 

Amanda Hitomi
“Eu gosto bastante das tonalidades de azul. Devo ter uns 30 tons diferentes de azul. Então, tem um da Big Universo que fica muito lindo na unha. É um to de azul bem claro, o nome do esmalte é “Turquesa”.”

 

 

 

 

esmlate show da Ludurana

 

 

Cecília Meira 
“Tem um da Ludurana que tem o efeito de aurora boreal que é maravilhoso. O nome do esmalte é “Show”. Com esse tom é possível ter duas ou três tonalidades dependendo da incidência de luz. É como se fosse um cintilante, mas é chamado de duo color.”

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
1 + 4 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.